Notícias
Compartilhar

Ação Educativa lança livro sobre práticas na Educação de Jovens e Adultos

A publicação foi apresentada durante oficina promovida na Semana de Formação em Direitos Humanos e Educação Popular de 2017, que aconteceu entre 11 e 15 de julho

Em um país com altos índices de desigualdade social, o campo da Educação de Jovens e Adultos (EJA), segundo a professora da Faculdade de Educação da USP Maria Clara Di Pierro, abarca as pessoas jovens, adultas e idosas pertencentes aos estratos sociais de baixa renda cujo direito à educação foi violado em virtude de inúmeras questões: preconceitos, ausência ou distância de escolas, trabalho precoce, frequência breve a instituições de ensino, enfim, uma série de fatores que impediram êxito na aprendizagem.

Esse e outros debates relacionados ao campo da EJA estão presentes no novo livro lançado pela Ação Educativa, que traz também questões mais diretamente ligadas à formulação de propostas pedagógicas para essa modalidade. O objetivo do livro é dialogar com educadoras e educadores interessados ou atuantes na EJA, colaborando com suas reflexões e práticas cotidianas.

A publicação parte da perspectiva de uma educação ao longo da vida, entendendo que a EJA pode ser considerada um campo muito mais amplo do que a oferta educativa formal no Brasil. Nesse sentido, pode-se fazer referência a todas as oportunidades de aprendizagem no âmbito formal e não formal, dando destaque a uma EJA com características de educação ampla, para além de seu sentido escolar. “Os demandantes dessa educação plural são os mais de 80 milhões de brasileiros jovens e adultos que não tiveram a oportunidade de concluir a educação básica ou se alfabetizar. São também aqueles que, apesar de terem frequentado uma escola, têm o desejo de continuar aprendendo”, afirma Roberto Catelli Jr., organizador do livro e coordenador executivo da Ação Educativa, na apresentação da publicação.

O livro conta com 12 artigos sobre a temática e dois relatos de experiências. Nos artigos, se discute concepções de educação de jovens e adultos, formação de leitores, o conceito de alfabetismo, novos letramentos, currículo, educação popular e relações étnico-raciais e de gênero na modalidade. “É necessário destacar que muitos textos dessa obra fazem menção ao tema direitos humanos, uma vez que a educação é um direito humano que se coloca para jovens e adultos como um desafio ainda maior, já que seus demandantes são aqueles que tiveram esse e vários outros direitos violados. Assim, a defesa dos direitos educativos de jovens e adultos se põe no campo da luta contra as desigualdades”, finaliza Catelli.

Confira a apresentação e o sumário da publicação aqui.

O livro poderá ser adquirido por R$24,90 nas livrarias Martins Fontes e Cultura ou presencialmente na Ação Educativa por R$20,00.

Formação e práticas na Educação de Jovens e Adultos
Autoras/es: Andréia De Fiori, Daniel Godinho Berger, Débora Ferreira, Ednéia Gonçalves, Felipe Bandoni de Oliveira, Heloisa Ramos, João Colares da Mota Neto, Márcia Mendonça, Maria Délia Gonçalves Ruotolo, Maria Clara Di Pierro, Maria da Conceição Ferreira Reis Fonseca, Michele Escoura, Roberto Catelli Jr., Rosana Meire Giannoni, Sérgio Haddad e Sônia Santos de Lima Carvalho.

Coordenação editorial: Roberto Catelli Jr.
Assessoria editorial: Daniele Brait

Comentários: