Notícias
Compartilhar

Estéticas das Periferias 2019: Zona Norte

Território: Vila Maria / Vila Guilherme

VOPO – Sarau na Comunidade
VOPO – Vozes Poéticas – Sarau na quebrada realizado por jovens das comunidades do Parque Vila Maria, Jardim Andaraí e região.
Data: 31/08, 16h
Local: Capela São José Operário (Rua São Felipe, 39 – Jardim Andaraí, São Paulo/SP).

Sarau da Maria
O mais tradicional da Vila Maria. Muita música popular brasileira e poesia da melhor qualidade.
Data: 31/08, 19h
Local: Biblioteca Álvares de Azevedo (Praça Joaquim José da Nova, s/n – Vila Maria Alta, São Paulo/SP).

Sarau Asas Abertas e roda de conversa “Produção Literária Feminina no Cárcere”
Os Poetas do Tietê, coletivo com 11 anos de atividade em São Paulo, através de seu projeto Sarau Asas Abertas, produzem este recital, roda de conversa e lançamento do livro “Sarau Asas Abertas – Mulheres Poetas – Penitenciária Feminina da Capital”, com a presença de algumas das autoras que se encontram em liberdade. Projeto contemplado com o VAI 2018/2019.
Data: 01/09, às 16h
Local: SESC Santana (Av. Luiz Dumont Villares, 579 – Santana, São Paulo/SP).

Slam da Norte
Slam da Norte – Poesia e combatividade, os grandes poetas do circuito de slam competindo com poesia e unidos pelos direitos das minorias.
Data: 01/09, 18h
Local: Casa de Cultura Vila Guilherme (Praça Oscár da Silva, 110 – Vila Guilherme, São Paulo/SP).

 

Território: Cachoeirinha / Brasilândia

IV OCUPA ZN no CCJ com Banda: Raiz Celestial no Quinta Independente no CCJ
O território Cachoeirinha/Brasilândia, com o objetivo de evidenciar a atuação cultural de bandas locais, realizará a produção da banda Raiz Celestial, que traz uma mensagem consciente e positiva através da cultura e da boa reflexão, para a comunidade, com o poder da música reggae no Quinta Independente – CCJ. A banda Raiz Celestial foi fundada em meados de 2007 na periferia de São Paulo, em Pirituba, por um grupo de jovens amigos que se juntaram em prol da música, a fim de difundir a cultura reggae e suas vertentes. Composta por músicos de extensa experiência e embasados em diversos gêneros, como o Blues, Rock, Hip-Hop e MPB. Com ideais de amor, paz, igualdade e justiça, a banda Raiz Celestial vem trabalhando e batalhando de forma totalmente independente, levando em seus shows, músicas com vibrações de resgate de consciência e espírito. A banda vem se preparando para entrar em estúdio, com o objetivo de gravar seu material oficial, que será lançado em todas as plataformas digitais.
Data: 29/08, 20h30
Local: CCJ – Centro Cultural da Juventude (Av. Dep. Emílio Carlos, 3641 – Vila dos Andrades, São Paulo/SP).

Espremedor na Casa – Apresentação dos Duos – Sisters MindTrap & Z13
O Projeto Espremedor, através das produções culturais e artísticas, desenvolve ações e eventos com cunho musical e de sustentabilidade, em locais que já desenvolve essas atividades.
Data: 31/08, 19h
Local: Casa de Cultura Brasilândia (Praça Benedicta Cavalheiro, s/nº – Jardim Maristela, São Paulo/SP).

Evento África Mãe do Leão Sound System convidando Mc Denise Alves
África Mãe do Leão Sistema de Som é uma equipe de som independente formada no ano
de 2007, na Cohab Juscelino, região leste da cidade de São Paulo, seus integrantes são
Poor, Professor Dan (seletores/fundadores) acompanhados por Ualê Figura (voz) e Vint (
arte). AML se formou da necessidade de construir e contar sua própria história. Seu
histórico têm foco nas ações de enriquecimento social e econômico da periferia por meio de
ações diretas com a promoção de eventos de expressão artística vinculados ao reggae sound
system, debates e oficinas. Denise Alves é hoje uma das vozes do Grajaú que ecoam pela cidade. Aos 26 anos desponta como uma das relíquias da cultura das margens e tem conquistado admiradores por onde passa. Sua música tem com base a MPB porem com uma sonoridade híbrida trazendo referências do Hip-Hop, Soul e Blues.
Data: 30/08
Local: Praça Benedicta Cavalheiro, s/nº – Jardim Maristela, São Paulo/SP

Oficina de cultura popular e das tecnologias sócias ligadas a Permacultura
Gope – Grupo de Oficinas do Projeto Espremedor convida todxs para essa oficina no Ponto de Cultura Nia Domo, com o profissional Rafael Bordon, que apresenta e compartilha as tecnologias sustentáveis.
Data: 01/09, 10h
Local: Ponto de Cultura Nia Domo (R. Gastão Madeira, 50 – Vila Maria Alta, São Paulo/SP).

IV OCUPA ZN no CCJ com África Mãe do Leão Sistema de Som
O Ocupa ZN chega em sua quarta edição com a proposta que se mantém desde o início no ano de 2016 que é difundir e valorizar a arte e cultura produzidas nas periferias da cidade de São Paulo, por meio da ocupação de espaços culturais públicos e privados e das ruas, criando fluxos e diálogos em uma sinergia criativa que desloca a periferia para o centro e o centro para a periferia. Neste ano, faremos a conexão entre as zonas periféricas do lado leste com o lado norte, com a apresentação musical do Sistema de Som África Mãe do Leão. A apresentação da música reggae através do valoroso acervo de vinil do Sistema de Som África Mãe do Leão traça por meio das letras de cada canção entoada uma narrativa das glórias, conquistas e modo de viver do Preto em África e também sua trajetória em diáspora. Os registros em vinil e intervenções no microfone convidam as pessoas a reflexão, auto-conhecimento e elevação da auto estima a partir da apropriação dessas historias cantadas como forma de luta, resistência e orgulho. Uma segunda proposta, durante o sitema de som, será a intervenção fotográfica com registros de duas mulheres produtoras culturais e de atuação periférica, Jenifer Silva e Mell Gonçalves, que juntas expressam através de seus registros fotográficos cenas do cotidiano na comunidade e vivências de movimentos culturais e da cena do sound system em eventos pelos bairros da comunidade, por se tratarem de coletivos que espalham cultura e palavras de empoderamento para o público, ressaltando o conhecimento através das letras de músicas, evidenciando a luta do população periférica. Aos redores do espaço onde acontecerá o sound system e a intervenção fotográfica, uma feira com base na economia solidária será realizada por meio de expositores e expositoras com seus materiais feitos manualmente, para incentivar a economia local e disponibilizar um espaço para que cada um possa ter visibilidade a arte local.
Data: 01/09, 16h
Local: CCJ – Centro Cultural da Juventude (Av. Dep. Emílio Carlos, 3641 – Vila dos Andrades, São Paulo/SP).

 

Território: Jaçanã

Sarau da Cena JT convida Viviane Abrahão
Reunindo alguns artistas com pegada mais periférica que participam do Fórum Cena Norte, o Sarau da Cena JT terá Rap, Rock, MPB, R&B Gospel e Samba, tudo misturado e com abertura à participação do público. Com Eder, Zé Luiz, Emmy, Reinaldo e Calango Soyl e Viviane Abrahão.
Data: 26/08, 20h
Local: CEU Jaçanã (R. Francisca Espósito Tonetti, 105 – Jardim Guapira, São Paulo/SP).

Sarau No meio do Mundo
O Sarau no Meio do Mundo é uma atividade de expressão da comunidade através da linguagem da poesia, música, dança, hip hop e outras manifestações de natureza artística, política e social que surgiu em 2014, da necessidade de se ter espaços de trocas entre os artistas de diversas linguagens e escritores do território. Inicialmente o sarau era realizado em local privado onde o coletivo fazia suas atividades e promovia o encontro entre os artistas, poetas e público presente, além de apresentações das mais diversas expressões artísticas. O sarau é construído a partir de temáticas relevante, que abrem espaço para discussão, em que artistas e participantes contribuem na ampliação do diálogo e uma narrativa proposta. Já foram debatidas temáticas LGBT, racismo, feminismo, contra o genocídio, políticas públicas, entre outros. Com Akilah Jelani, Ingrid Felix, Luana Maria e Aurelio Prates.
Data: 31/08, 18h
Local: Biblioteca Infanto Juvenil José Mauro de Vasconcelos (Praça Comandante Eduardo de Oliveira, 100 – Parque Edu Chaves, São Paulo/SP).

Forró Didadó
Forró das minas, recheado de mulheres LGBT do reggae, passeando nas músicas do Nordeste.
Data: 01/09, 16h
Local: Casa de Cultura Tremembé (R. Maria Amália Lopes Azevedo, 190 – Tremembé, São Paulo/SP).

 

Território: Noroeste (Perus/Pirituba/Jaraguá)

Mães do Morro
Evento produzido por mulheres. Com apresentações musicais por cantoras e uma exposição de artes visuais de uma artista mutilingual. Com Carina Leite, Ariany Marciano e Sistah May.
Data: 25/08, 18h
Local: Casa do Hip Hop (Rua Júlio Maciel – Perus, São Paulo/SP).

Jongo do Coreto
Jongo do Coreto é uma pesquisa contemporânea dos integrantes da Comunidade Cultural Quilombaque a partir das rodas tradicionais de Jongo em equipamentos e espaços públicos. A pesquisa busca desmistificar os tabus sobre a cultura afro-brasileira, reafirmar e valorizar os direitos de acesso à cultura afro-brasileira a partir da lei 10.639/03. As ações do Jongo do Coreto são realizadas toda terça na Praça Inácio Dias, em Perus, desde 2014. A escolha do local se dá pelo fato de ocupar os espaços públicos de forma cultural como resgate histórico de uma cultura que perpassa a era escravocrata no Brasil. Com Cleiton Ferreira de Souza, Valmir Santanna Cruz, Almir de Souza Moreira Junior e Clebio Ferreira de Souza.
Data: 27/08, 19h
Local: Centro Cultural Quilombaque (Travessa Cambaratiba, 05 – Perus, São Paulo/SP).

Maternidade Empreende
Roda de conversa com mulheres que após a maternidade precisaram/decidiram ter o seu próprio negócio, objetivando empoderar mais mulheres, mães. Com Dona Angela (ArteFeria), Carol Jafet (produtora executiva de Rincon Sapiência) e mais convidadas do território.
Data: 30/08, 19h
Local: Praça da Cultura (Rua Ricardo Dalto, s/nº, São Paulo/SP).

Comentários: