Publicações
Compartilhar

Indicador de Alfabetismo Funcional (Inaf) – Estudo especial sobre alfabetismo e mundo do trabalho

A publicação explora as intersecções entre alfabetismo e práticas de letramento no mundo do trabalho.

Apoio: Instituto Paulo Montenegro

Este estudo especial é fruto de mais de três anos de trabalho das equipes de profissionais da Ação Educativa e do Instituto Paulo Montenegro. Foram análises e reflexões sobre a metodologia e os resultados do Indicador de Alfabetismo Funcional (Inaf), como forma de celebrar o primeiro decênio dessa iniciativa em 2011, quando do lançamento do último relatório do Inaf Brasil. Entre 2012 e 2015, um conjunto de especialistas das mais variadas áreas do conhecimento produziu uma série de análises a partir dos bancos de microdados consolidado de dez anos de pesquisa no intuito de elaborar o Alfabetismo e letramento no Brasil: 10 anos do Inaf, publicado em 2015 pela Editora Autêntica.

A partir das reflexões de todos/as os/as especialistas envolvidos/as, avançou-se não somente na análise de dados disponíveis, mas também na reflexão sobre as potencialidades e os limites da própria metodologia adotada pelo Inaf. Na perspectiva de aperfeiçoá-la, as equipes de Ação Educativa e Instituto Paulo Montenegro contaram com apoio de especialistas e com estudos de maior fôlego para abordar questões centrais trazidas pelas análises de 10 anos e pelo acúmulo de experiência das instituições envolvidas nesse período, sobretudo na exploração das intersecções entre alfabetismo e práticas de letramento no mundo do trabalho e de uso de tecnologias digitais de informação e comunicação (TIC) – este na perspectiva dos multiletramentos.

Download de arquivo (1 MB)
Comentários: