Notícias
Compartilhar

A sensibilidade nas fotografias dos jovens do Projeto Arte e Cultura na Medida durante a pandemia

O Projeto Arte e Cultura na Medida procura desenvolver atividades de formação com jovens que cumprem medida socioeducativa sobre os mais variados temas de seu cotidiano, por meio de uma parceria entre a Ação Educativa, o Instituto Moreira Salles e os centros de medida socioeducativa (MSEs) do município de São Paulo.

Desde o início das restrições necessárias para redução do contágio na pandemia, as atividades formativas presenciais com os jovens precisaram ser interrompidas. As circunstâncias exigiram criatividade, e a equipe realizou, em caráter experimental, a Oficina de Fotografia “Identidade e Território” pela internet, no segundo semestre de 2020.

Inspirada em um curso presencial Projeto Arte e Cultura na Medida, ocorrido em 2019, a edição online da oficina se consolidou na premiada exposição “Quebrada – São Paulo na visão dos cria”, e integrou a programação do célebre encontro “Estéticas das Periferias”.

Confira no vídeo abaixo algumas das fotos da exposição e os depoimentos de educadores, organizadores e do jovem Lucas Quintino, participante ativo dos cursos e da exposição que se tornou educador-fotógrafo da oficina “Identidade e Território”. A oficina demonstrou diversas potencialidades do trabalho com jovens por meio da fotografia, ressignificando o olhar que tinham sobre seus territórios, suas identidades e as relações que estabelecem no contexto urbano.

Confira algumas das fotos de estudantes que participaram da oficina:

Comentários: