Notícias
Compartilhar

Ação Educativa promove roda de conversa sobre mobilizações estudantis e democracia nas escolas no marco da campanha “Fome de Educação”

Para discutir a cultura da participação e da gestão democrática em escolas e redes de ensino, para reafirmar os direitos estudantis e para pressionar as autoridades, a Campanha Fome de Educação realiza nesta quarta-feira (22), a roda de conversa “Mobilizações estudantis e democracia nas escolas”.

O evento pretende trazer um panorama sobre a legislação da gestão democrática no estado de São Paulo e promover o diálogo e a troca de experiências entre estudantes, professores, parlamentares, juristas e outros sujeitos do campo da educação.

A iniciativa “Fome de Educação”, criada pela Ação Educativa, pretende pautar uma educação pública, gratuita, laica e de qualidade para todas e todos, através de informações sobre gestão democrática na educação e fortalecimento das mobilizações em torno da defesa da educação pública.

Contexto

Estudantes secundaristas de São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Mato Grosso, Ceará e Rio Grande do Sul ocuparam, desde 2015, mais de 400 escolas e prédios de gestão. O que une as mobilizações estudantis por todo o Brasil são a demanda pela garantia do direito à educação de qualidade para todos e todas.

A reação de governos, órgãos de gestão e direções escolares, porém, mostra a pouca predisposição ao diálogo. Em são Paulo, por exemplo, a Polícia Militar invadiu três prédios públicos para, sem mandado da justiça, realizar a reintegração de posse. Ao todo, 89 jovens secundaristas foram arrastados com violência e enviados de camburão para delegacias próximas. Também em São Paulo, têm sido recorrentes as denúncias de transferência arbitrária de professores que apoiaram as mobilizações.

Diante desta situação e dos inúmeros relatos de perseguições e conflitos dentro das escolas, é urgente debater e cobrar das instâncias de governo a regulamentação da gestão democrática do ensino, conforme previsto na Constituição Federal, na Lei de Diretrizes e Bases da Educação, no Plano Nacional e nos Planos Estaduais de Educação.

Assine nosso manifesto: https://acaoeducativa.org.br/fomedeeducacaoCurta nossa página: https://www.facebook.com/fomedeeducacao

“Mobilizações estudantis e democracia nas escolas”Data: 22/06, a partir das 19hLocal: Ação Educativa (Rua General Jardim, 660, Vila Buarque, São Paulo/SP)Transmissão ao vivo: acaoeducativa.org.br/aovivo

Comentários: