Notícias
Compartilhar

Encontro Futebol e Cultura: Carta de agradecimento

A coordenação do Encontro de Futebol e Cultura agradece a participação de todos e todas que estiveram presentes durante o “Encontro de Futebol e Cultura – práticas de futebol colaborativo e solidário”, realizado nos dias 26 a 29 de novembro de 2014, com intuito de oportunizar a socialização de conhecimentos, troca de experiências e a interação das diferentes práticas de futebol colaborativo de todo o país.

Nosso objetivo foi enaltecer as práticas de futebol espalhadas e desconhecidas por muitos de nós neste Brasil diverso e plural quando se fala de futebol. É assim que nós entendemos que a troca de conhecimentos, e, portanto, de experiências possibilitaria uma expansão de olhares, podendo assim fortalecer minha prática de futebol, e perceber e valorizar as demais práticas que tendem a ser diferentes das minhas.

Desse modo, passamos dias intensos no Museu do Futebol. Dias que possibilitaram emoções, discordâncias, amizades e uma latente vontade de continuidade. Mesas redondas, trocas de experiências e apresentações de pesquisas deram a toada e a dinâmica do Encontro.

Nas mesas redondas, tentamos agrupar os principais temas do ambiente do futebol: futebol e direitos humanos, torcidas organizadas e futebol profissional. Nas pesquisas, a diversidade tomou conta das apresentações: fomos de futebol feminino aos moleques de várzea, passando claro pela geografia e história dos torcedores/as nas arquibancadas de todo o Brasil.

E por fim, as nossas almejadas experiências foram “do Oiapoque ao Chuí”. Do Futlama, nas margens do Rio Amazonas, ao Futebol de Rua em São Leopoldo/RS. Do Peladão de Manaus, o maior campeonato de várzea do mundo, às aldeias dos jogos dos povos indígenas e suas tradições. Do futebol de cegos e suas conquistas a todos os coletivos que fazem do futebol uma prática de luta e reinvindicações.     

 

É neste cenário de diálogos e “Encontros” que acreditamos que é possível dar continuidade aos processos construídos nesse Encontro de Futebol e Cultura. Acreditamos que a diversidade de práticas de futebol engrandeceu e valorizou nossa troca, e agora demos o ponta pé inicial. A bola está com todos/as e daqui para frente vamos construir coletivamente o que podemos fazer com ela. Serão muitas as dificuldades e desafios, mas temos a certeza que assim estaremos desenhando um gol histórico.

Comentários: