Notícias
Compartilhar

Monitores do JADE participam de debate sobre juventude e direito à cidade

Os monitores do projeto Jovens Agentes pelo Direito à Educação (JADE), Luis Silva e Bárbara Alves Lobato, participaram do seminário “Juventude em Movimento: direito à cidade para quem?”, realizado dia 24 de agosto em Campo Grande, zona oeste do Rio de Janeiro. O seminário foi organizado pelo Ibase, em parceria com diversas instituições que compõem o Fórum de Juventude do Rio de Janeiro.

O encontro faz parte do projeto “Cidades, mudanças climáticas e ação jovem”, realizado desde 2011. Os cerca de 100 jovens reunidos debateram as diferentes exclusões nesse território: jovens LGBT, surdos, mulheres, negros. Além da exclusões vivenciada pelos/as jovens nas cidades, o seminário buscou conhecer alternativas criadas pelos(as) jovens para construir a “Cidade que queremos”.

No início do mês, entre 7 e 10 de agosto, Luis Silva participou também do seminário Semeia, em Fortaleza, realizado pela Diaconia. O encontro teve como tema diálogo entre direito à cidade e justiça ambiental. “Esse encontro está dentro de uma estratégia maior, que foram várias atividades no mês de junho, que chamamos de I Encontro Semeia Fortaleza, onde foram feitas outras atividades, outras intervenções na cidade, outras manifestações”, contou Alessandra Masullo, assessora político-pedagógica da Diaconia.

No período de realização do encontro, ativistas ocupavam o Parque Cocó para resistir a um projeto que previa a derrubada de árvores para a construção de um viaduto. Dessa forma, houve um exemplo prático do que estava sendo debatido. “Para alguns dos participantes do seminário foi o primeiro contato com esse tipo de ação política e tudo isso deu um molho intenso pra vivência de todos ali”, afirma Luis.

O projeto Jovens Agentes pelo Direito à Educação (JADE) é realizado pela Ação Educativa desde 2007, com o objetivo de oferecer a jovens estudantes ou ex-estudantes do ensino médio formação e debates sobre direto à educação, acesso ao ensino superior, mercado de trabalho, entre outros temas.

Leia mais:

Projeto Tô no Rumo é lançado em Santo André

Em parceria com a Fundação Friedrich Ebert, Ação Educativa promove o encontro Jornadas de Junho e a Juventude Negra

Especial: Quem são e o que fazem os Auxiliares de Juventude?

Comentários: