Publicações
Compartilhar

Indicador Nacional de Alfabetismo Funcional (Inaf) 2003

O 3º Inaf – Indicador Nacional de Alfabetismo Funcional identificou que 8% dos brasileiros encontravam-se na condição de analfabetismo absoluto e 30% tinham um nível de habilidade muito baixo: eram capazes de localizar informações simples em enunciados com uma só frase, num anúncio ou chamadas de capa de revista, por exemplo.

Apoio: Instituto Paulo Montenegro

A pesquisa identificou que 8% dos brasileiros encontravam-se na condição de analfabetismo absoluto e 30% tinham um nível de habilidade muito baixo: só são capazes de localizar informações simples em enunciados com uma só frase, num anúncio ou chamadas de capa de revista, por exemplo.

Outros 37% conseguiam localizar uma informação em textos curtos (um carta ou notícia, por exemplo), o que se poderia considerar como sendo um nível básico de alfabetização. Os 25% que demonstram domínio pleno das habilidades testadas eram capazes de ler textos mais longos, localizar mais de uma informação, comparar a informação contida em diferentes textos e estabelecer relações diversas entre elas.

De forma geral, esses dados confirmaram os resultados verificados em 2001, quando foram aplicados os mesmos instrumentos em amostra semelhante.

Download de arquivo (1 MB)
Comentários: